• ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

Recolhimento de lixo, palestra, entrega de mudas e outras atividades marcam Dia da Árvore

educacao - Publicado em 20/09/2019 às 17:01 - Atualizado em 20/09/2019 às 17:11

Várias atividades foram realizadas ao longo de dois dias para marcar a passagem do Dia da Árvore em Passos Maia. Comemorada neste sábado, 21 de setembro, a data levou a administração municipal a envolver os estudantes em ações durante a quinta-feira e esta sexta-feira, dia 20.

Ainda na quinta, os alunos da turma de Protetores Ambientais, da Escola Nossa Senhora Aparecida, recolheram lixo nas margens da SC-154, rodovia estadual que dá acesso ao município. As bolsas cheias tiveram o descarte adequado feito pela Secretaria Municipal de Agricultura.

“É uma vergonha a sociedade estar jogando lixo na beira das estradas, uma falta de educação da comunidade”, lamentou a estudante Tainá Aparecida Carvalho da Silva, que limpou junto com os colegas quase toda a extensão da rodovia, no sentido à BR-282. “O lixo não é só a natureza que vai sentir, você mesmo vai sofrer as consequências”, acrescentou o aluno Wesley Natan da Silva Teixeira.

Além de fazer parte das atividades comemorativas ao Dia da Árvore, segundo o sargento Luiz Carlos Chaves, da Polícia Militar Ambiental, a ação integra o cronograma de trabalho do Programa de Formação de Protetores Ambientais, desenvolvido com estudantes do município desde o final de março. “O foco é na questão da conscientização sobre o descarte de resíduos”, disse.

Luiz Carlos também lamentou o tanto de material lançado inadequadamente na natureza. “Quando a gente se depara com essas situações é que percebemos o quanto estamos atrasados em relação à questão educacional. O quanto estamos em déficit com a conscientização sobre proteção ambiental”, classificou.

As atividades comemorativas ao Dia da Árvore seguiram ao longo desta sexta-feira com uma palestra com o ex-prefeito Antonio Abílio Mantovani, envolvendo alunos da Escola Professora Coralia Gevaerd Olinnger, falando sobre a origem da Praça 12 de Dezembro, no Centro da cidade, completamente arborizada. Ainda houve troca-troca de sementes crioulas, doações mudas de árvores nativas e de flores de verão, além de mateada e entrega de pipoca.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar